Casa Clara, 2016

A Casa Clara, é principalmente uma casa de metragem reduzida e de personalidade forte. O volume da casa está delicadamente apoiado no terreno inclinado, a vista do interior é livre a solução funcional e formal é Clara.

A família que mora dentro é também reduzida, um casal, um filho e dois gatos. As demandas foram comuns; 2 quartos, 1 banheiro, cozinha integrada e mais outras pequenas demandas. A demanda mais importante é uma metragem pequena e de fácil construção.Esta casa privilegia o conforto térmico, iluminação natural, ventilação cruzada, ambas claramente identificadas na solução formal. As faces são ora fechadas, ora abertas e também mistas.

O cobogó é o material de destaque na forma, garantindo a privacidade dos moradores, o controle da insolação e alta temperatura da tarde brasiliense também é controlado pelo cobogó, que permite apreciar o maravilhoso por do sol pelos espaços vazios

O terreno é de esquina, tendo assim duas fachadas vulneráveis quanto à privacidade; uma parede fica solta, bloqueando a vista dos curiosos para o interior da casa, e na outra fachada o cobogó faz o papel de Muxarabi, escondendo as atividades dos moradores de olhos curiosos, atividades tão próprias de uma casa, a solução da casa é honesta, em sinergia com o contexto e com os moradores. A casa clara é também uma lição de design interior, austero e brasileiro. Todas as soluções adotadas são claras. O mobiliário é privilegiado com cadeiras do Sergio Rodrigues, poltronas de Zanine Caldas, banco de Leo Romano, sofá e poltronas do Estúdio Bola, o aparador, estante e marcenarias ficaram a cargo do estúdio virgula zero. O ar dos anos 70, linhas puras e diagonais, um perfume de madeira e materiais expostos, são algumas das sensações que os visitantes experimentam, nesta casa, nesta Casa Clara.

--

Arquitetos: 1:1 arquitetura:design

Localização: Brasília - Distrito Federal, Brasil

Autores: Eduardo Sáinz, Lilian Glayna

Área: 123.0 m2

Fotografias: Edgard Cesar


Casa Fernanda, 2016

Casa Fernanda, é uma casa linear, com soluções claras, o percurso é continuo, através de uma galeria de circulação que conecta a porta de entrada até a piscina de fundo, sem intervenções, no caminho temos do lado esquerdo as portas de acesso aos quartos e lavabo e do lado direito umas portas de correr de vidro, que fazem o papel de paineis, mostrando assim a integração com o paisagismo, o por do sol e visuais livres do entorno.

A garagem esta feita num volume exterior, virtual, feito em cobogó e sem portas, deixando assim os carros num abrigo relativo. A casa é de materiais honestos, com concreto aparente, vidro e cobogó.

A solução volumétrica é clara, são dois planos, um do piso que é suspenso do chão e outro do teto, linear. A porta de entrada mostra um volume maior, que da hierarquia à fachada e esconde as instalações técnicas, como caixa de agua e maquinas de ar condicionado.

Na lateral, a casa mostrasse aberta, toda em vidro e portas que permitem o usuário controlar a conexão com o exterior. Esta casa privilegia o conforto térmico, iluminação natural, ventilação cruzada, ambas claramente identificadas na solução formal.

A piscina marca o final do percurso, ela é de um tamanho reduzido, tal como a família que habita à casa. Um casal feliz e um cachorro.

Quanto ao design interior, é também austero, solucionando as atividades sociais num espaço só, que condensa a sala de estar, que por sua vez é sala de TV, com jantar e a cozinha aberta. Todo o mobiliário é assinado pelo Estúdio Bola, um nome importante no design brasileiro.

--

Local: Brasília, DF, Brasil.

Arquitetura: 1:1 arquitetura:design (www.umaum-arquitetura.com)

Autores: Eduardo Sáinz e Lilian Glayna

Fotografia: Edgard Cesar. (www.edgardcesar.com)

Área interna: 155 m2.

Área total construída: 244 m2.

Ano conclusão da obra: 2016.


BOX HOUSE, 2013

A Box House é um projeto conceitual que experimenta uma nova forma de ocupação do espaço;

O volume foi concebido como uma caixa de concreto com muita personalidade, as fachadas principais e a entrada estão demarcadas por uma fita de aço enferrujado, por dentro da caixa criamos um espaço com maior diversão, usou-se uma grande mistura de texturas, cores e mobiliário de design brasileiro com assinaturas de Marcus Ferreira, Paulo Alves, Aristeu Pires, e outros grandes nomes,

Nascida sob o conceito de pool house, ela contém dois quartos, banheiro social, uma área de serviço e um espaço gourmet/sala de estar tudo isso em menos 65 metros quadrados. Espaço suficiente para o nosso jovem cliente, preparado para começar a vida com muito estilo. 


Escada - Imagem # 2.jpg

casa park way, 2017

Tratasse de uma casa urbana num terreno de área privilegiada, o projeto volumétrico considera dois blocos, cada bloco para uma família independente que compartem entre si as áreas de lazer, garagem, lobby. Por fora ambas casas apresentam a mesma forma e tamanho, mas por dentro ambas tem um programa funcional completamente diferente, e elas todas fechadas para a rua e abertas no interior. Lembra uma casa pátio tradicional em estrutura metálica, madeira e vidro, aproveitando a ventilação natural e cobrindo do sol quente da nossa capital.


CASA NA CHAPADA, 2016

Este projeto prima pela integração com a natureza, com um volume solto do chão, onde acontecem as atividades próprias de uma casa de final de semana, e em anexo encontrasse dois bangalôs, que funcionam para receber hospedes durante o final de semana, o complexo todo esta comunicado por passarelas e a arquitetura toda prevê integração plena, tirando proveito das

Este projeto é um claro exemplo do limite de integração da Arquitetura com a Natureza. A casa "flutua" sem interferir no chão natural, e as diversas edificações encontrasse comunicadas por passarelas, pontes e rampas. Cada canto da casa tira proveito dos melhores ângulos visuais, do movimento solar e da ventilação natural.

O programa encontrasse dividido claramente na casa de veraneo principal e em anexo dois bangalôs que funcionam para receber hospedes comodamente e mantendo a privacidade dos mesmos durante a estadia. A Casa toda tem estrutura pre-fabricada em Aço e com revestimentos locais, como pedra e madeira.


Casa Lago Norte by 1:1 arquitetura:design
Casa Lago Norte by 1:1 arquitetura:design

casa lago norte, 2015


QL 12

casa QL 12, 2016


Casa 26
Lake House
Lake House
Lake House

Lake HOUSE, 2017


Casa Muxarabi by 1:1 arquitetura:design

casa muxarabi, 2015