Casa Cor, 2016

A Morada Sáinz é essencialmente um espaço autoral, com elementos que inspiram o casal de arquitetos Eduardo Sáinz e Lilian Glayna Sáinz.  Em sua estreia na Casa Cor Brasília, o escritório boutique 1:1 arquitetura:design criou um espaço de 118m2 voltado para pessoas que amam a vida minimalista e procuram viver com muito estilo ao lado de suas referências. “Criamos um local exatamente para o nosso alterego; um pouco da nossa morada; valores; um espaço de arte, quase uma galeria com espaços integrados, abertos e sinceros”, comenta Sáinz.

Sem usar o termo ‘tendência’, os arquitetos trabalham, no seu dia a dia, projetos únicos, um estilo boutique na arquitetura e design de interiores. Eduardo Sáinz explica que as referências buscadas por eles fazem parte da vida dos moradores dos espaços que desenvolvem. “Por ser, dessa vez, um projeto que criamos para agradar as nossas preferências pessoais, usamos tons de cimento, obras de arte, sonorização feita totalmente de uma vitrola que tocará um playlist da nossa coleção de discos de vinil, além de muito design nacional, que é a nossa paixão”.

A arquiteta Lilian Glayna Sáinz afirma que os projetos da dupla possuem elementos que de alguma forma se complementam. “Esse estudo vem a partir da nossa formação individual e nos acompanha em todas as etapas do desenvolvimento dos projetos que assinamos”, diz. O ‘espírito’ do ambiente é de muita celebração da vida e da arte. “Um local que integra, demarca o conceito de morada, é flexível a partir do jogo de cortinas, que ora desvenda e ora esconde os cenários. Um lugar elaborado para que as pessoas se sintam livres e de bem com a vida”, complementa a profissional.

Com lançamentos em mobiliários e novos revestimentos que cabem perfeitamente na estrutura conceitual e minimalista do ambiente, a Morada Sáinz apresenta ainda uma novidade  desenvolvida pelos arquitetos especialmente para ser lançada durante o evento: uma linha de azulejos personalizados que compõem o espaço ao lado das obras de arte. Outro destaque é a concepção de uma instalação feita na entrada do espaço e assinada pela artista plástica Valéria Pena-Costa.

No local, destaque ainda para o piso em taco de madeira natural de cumaru; papel de parede com efeito de cimento; ripas de concreto assinadas por Sabrina Najr; revestimento cimentício; e mobiliário de design assinado por Jader Almeida e Arthur Casas. Espaços integrados foram projetados a partir de um jogo de cortinas que será colocado em locais estratégicos do ambiente.

EN

The "Morada Sáinz" is essentially an Authorial Space, it's design contains elements that inspire the couple of Architects; Eduardo Sáinz and Lilian G Sáinz. This is the first exhibition in Casa Cor, Brasília.

The boutique studio 1:1 arquitetura:design created a 120 square meters of loft, aimed for people who loves the minimalist life style, surrounded by art and any reference of their own memories: "we created a space that works perfectly for us, a sample of the must important elements in our home, almost living inside an Art Gallery.

Hating the word "Trend" bouth architects have unique style for design. Eduardo Sáinz said how important are the client personal references for design any project, in this case; they own references. Lilian G. Sáinz also comment about the space integration for this loft, the division have being made with curtains and even furniture, she says "we have made a place for people who enjoy freedom, and feel good with their own lifestyle.

For this exhibition the architects have use as personal reference the grey colors, artwork, jazz and blues music played in they personal vinyl collection, authorial furniture. For the materials they have use wood for floor covering, for cabinets and cement for the walls.

They have present a new tiles designed by their own studio; used in tables and artworks, also have present work of the awarded designers such as; Jader Almeida, Arthur Casas, Sergio Rodrigues, Estudio Bola, and the Valeria Pena- Costa art installation, everything is connected. 

Arquitetos: 1:1 arquitetura:design 

Localização: Lago Sul, Brasília DF, Brasil

Área: 117,00 m2

Autores: Eduardo Sáinz e Lilian Glayna

Fotografia: Edgard Cesar