Apartamento Amália

APARTAMENTO AMÁLIA

:

BRASÍLIA : 2017

 
 
 

:INFORMAÇÕES

Autores: Arq. Eduardo Sáinz : Arq. Lilian Glayna Sáinz

Equipe: Estg. Monique Gomes

Localização: Brasília - Distrito Federal, Brasil

Área: 84.0 m2

Fotografias: Edgard Cesar

--

:PARCEIROS

Gerencia e Administração de Obra: 1:1 arquitetura:design

Execução obra: Vier Engenharia 

Marcenaria: Evviva Bertolini e Zero Dez kids

Mobiliário: Hill House

Iluminação: Light Design

Tapete: Gallery tapetes

Pinturas especiais: As pintoras/Sabrina Najar

Cortinas: Rifilim

 

:CONCEITO

:PT

Este apartamento agrega vários conceitos relativos a Galeria de Arte, Espaço Gourmet, Bar e ainda tem ênfase nos encontros familiares. 

O projeto mantém um programa convencional mas em contraponto ele destina grande parte do espaço para um salão, onde se concentram todas as atividades lúdicas da família como cozinhar, beber vinho, receber amigos, escutar música de vinil, ou simplesmente observar um quadro enquanto se lê um livro. 

O concreto tem papel importante na construção do espaço sendo escolhido como material natural e bruto pelos arquitetos. O sistema de iluminação é feito por trilhos, na mesma disposição de uma Galeria de Arte, expondo trabalhos do premiado Marcelo Solá, Luiz Mauro, Sanagê, Christus Nobrega, Pedro Ivo, entre outros. 

O elemento surpresa do projeto é a própria mistura, a informalidade em coerência com os atuais conceitos de luxo no cotidiano. 

O mobiliário faz parte do acervo dos moradores desde antes da nova morada, incluindo uma mesa projetada e executada por eles (Eduardo Sáinz e Lilian Glayna). Entre os objetos de grande estimação existe um cofre de aço datado de 1925, fabricado pela Fundição Progresso, que hoje funciona como Fundação na Lapa, Rio de Janeiro. Também a pequena coleção de Imas das cidades/países visitados, dentre outros objetos.

:INFO

Authors: Arq. Eduardo Sáinz : Arq. Lilian Glayna Sáinz

Team: Estg. Monique Gomes

Location: Brasília - Distrito Federal, Brasil

Área: 84.0 m2

Photo: Edgard Cesar

--

:PARTNERS

Management and Construction Administration: 1:1 arquitetura:design

Contractors: Vier Engenharia 

Wood Cabinets: Evviva Bertolini e Zero Dez kids

Furnitures: Hill House

Lighting: Light Design

Carpets: Gallery tapetes

Artistic painting: As pintoras/Sabrina Najar

Curtains: Rifilim

 

:CONCEpt

:EN

This apartment adds several concepts related to Art Gallery, Gourmet Space, Bar and still has lag in family gatherings.

The project maintains a conventional program but in counterpoint it allocates much of the space for a hall, it concentrates all the leisure activities of the family like cooking, drinking wine, receiving friends, listening to music of vinyl, or simply observing a painting in how much it reads a classic book.

Concrete has an important role in the construction of space, considered as natural and raw material by the Architects. The lighting system is made by rails, in the same layout of an Art Gallery, exhibiting works by the award-winning Marcelo Solá, Luis Mauro, Sanage, Christus Nobrega, Pedro Ivo, among others.

The surprise element of the project is the mixture itself, the informality, in coherence with the current concepts of luxury in the daily life.

The furniture has been part of the collection of the residents since before the new address, including a table designed and executed by them (Eduardo Sáinz and Lilian Glayna), among the objects of great estimation there is a steel vault dated 1925, manufactured by Fundição Progresso, which now functions as a Foundation in Lapa, Rio de Janeiro. Also the small collection of imas of the cities / countries visited, among other objects.